Pérolas Negras arranca empate e vai jogar Série B2 do Campeonato Carioca

O Pérolas Negras empatou ontem por 1×1 com o Casimiro de Abreu e terminou a fase principal da Série C do Campeonato Carioca como líder do Grupo A, conquistando assim o acesso direto para a Série B2 de 2018. A primeira posição do grupo também classificou a equipe para a final da Série C, que será disputada contra o Campos em partidas na próxima quinta (16) e no próximo domingo (19).

O acesso à Série B2 era o grande objetivo dos Pérolas na temporada e foi muito festejado pela comissão técnica, pelos jogadores brasileiros e haitianos que formam a equipe e por todo o staff. Na última quinta o Pérolas já havia se sagrado campeão estadual invicto da Série C Sub-20 após vencer os dois jogos da decisão contra o Itaperuna.

Na partida de ontem, disputada no Estádio Ubirajara Reis em Casimiro de Abreu, o Pérolas Negras precisava só de um empate e chegou a sair atrás no placar, mas nunca esteve fora da liderança já que o 7 de Abril, que precisava tirar uma diferença de três pontos e cinco gols de saldo para os Pérolas, ficou apenas em empate também por 1×1 contra o Campos.  7 de Abril e Casimiro de Abreu vão disputar mais duas vagas na Série B2 de 2018 contra EC Resende e Tomasinho nas mesmas datas das finais.

O jogo

O primeiro tempo da partida foi de um jogo estudado, com muito respeito entre os adversários e poucas ocasiões de gol. O Pérolas valorizava a posse de bola, administrava a partida e procurava não sofrer riscos.

O zagueiro Gedeil abriu o placar para o Casimiro de Abreu em cabeçada aos 17 minutos do segundo tempo, mas o Pérolas foi para cima em busca do resultado que lhe daria a certeza do acesso e empatou aos 31 em linda cobrança de falta do também zagueiro Marlon.

O zagueirão de 21 anos já havia sido decisivo na vitória sobre o Riostrense no dia 10 de setembro, pela décima rodada, quando manteve os Pérolas na liderança do grupo ao marcar o gol da virada aos 51 minutos do segundo tempo. E ontem também houve drama: a cobrança de falta pegou na trave, quicou após a linha e voltou, chegando a chegar dúvidas no bandeirinha antes do juiz confirmar o gol.

— Tem uma frase que eu me espelho muito nela: fazer algo além do que seu ídolo faz. Eu me espelho muito no Sérgio Ramos (zagueiro do Real Madrid) e sei que ele não bate falta. Então, procurei treinar muito para chegar num momento decisivo como ontem e caprichar pra dar certo. O segredo do sucesso é a prática constante – disse Marlon, que é natural de Ibiporã, no Paraná, e chegou ao Pérolas Negras no ano passado.

Já Elison e Simpson, laterais titulares da equipe, vieram mais de longe. A participação brilhante desses dois atletas haitianos na campanha que levou o Pérolas Negras à Série B2 do Estadual é a prova de que o projeto vem cumprindo sua missão de integrar culturas, valorizar talentos e criar oportunidades.

As finais da Série C acontecem na próxima quinta (16) no Estádio do Avelar, em Paty do Alferes, e no próximo domingo (19) no Ferreirão, em Cardoso Moreira, casa do Campos na Série C. Ambas as partidas acontecem às 16h, terão cobertura em tempo real do globesporte.com e serão transmitidas ao vivo na página do Pérolas Negras no Facebook.

Posted in News, Notícia, Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *