Copinha: Goiás elimina o Grêmio com participação de haitiano

Atual campeão da Taça Libertadores da América e finalista do Mundial de Clubes da Fifa contra o Real Madrid, o Grêmio foi eliminado ontem da Copa São Paulo de Futebol Junior. O algoz do tricolor gaúcho na Copinha foi o Goiás, do jovem volante haitiano Jacko, que venceu por 1×0 e vai enfrentar a Portuguesa nas oitavas de final da competição.

Jacques Saul Metellus nasceu no Haiti e treinou na Academia Pérolas Negras em Bon Repos, nos arredores de Porto Príncipe, até se mudar para Paty do Alferes junto com a equipe que disputou a Copa São Paulo de 2016. Ele se destacou jogando pelo Pérolas na edição de 2017 da Copinha e chamou a atenção do Goías, sendo contratado pelo clube logo após o torneio junto com o atacante haitiano Waby.

Jacko vem sendo peça importante do Goiás na atual edição da Copinha, entrando sempre no segundo tempo e participando bem das partidas. Ontem ele entrou pouco depois do gol de Vinicius, que aproveitou falha da defesa gremista após lançamento do goleiro Enzo, e foi peça importante para segurar o resultado nos minutos finais do confronto.

A trajetória de Jacko, do Haiti até as oitavas de final da Copinha atuando por um grande do futebol brasileiro, é prova de que atletas refugiados são uma fonte preciosa de talento e podem chegar longe quando encontram condições propícias para o seu desenvolvimento profissional. Dar uma chance a esses jovens é a razão de ser do Pérolas Negras, que quer ser um time mundial de refugiados para que histórias como a de Jacko se tornem comuns.

Posted in News, Notícia, Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *